Mirante da Cascatinha

Leve
0.0 Favoritar
  • 1h30
  • 2.6Km
  • 490 m
  • trilha
Avaliar favoritos

Esta trilha é literalmente uma obra de arte. A cascatinha que dá nome ao mirante foi objeto de inúmeras pinturas de artistas convidados pelo antigo dono da área, Visconde de Taunay. O pintor fazia parte da Missão Artística Francesa de 1816. Em 1855 aparece outro marco histórico nesta trilha: a Capela Mayrink.

A capela Mayrink fica no Circuito Histórico, que explora os 150 anos de reflorestamento da Tijuca. O Mirante da Cascatinha integra o Circuito dos Picos, que leva a picos ainda pouco explorados da região.

A trilha, com duração de 1h30, é de dificuldade média. Com uma subida vigorosa, permite paradas para descanso, mas tem terreno irregular e caminhos escalonados. Ao fim, o mirante dá para uma vista que inclui não só a Cascatinha, mas também a Pedra do Conde, o Pico da Tijuca e uma pequena parte da Zona Portuária do Rio.

RJ, Rio de Janeiro Trajeto

Após a Capela Mayrink procure a uma placa no lado esquerda da pista, a trilha começa em frente. A trilha é bonita e bem manejada. Começa com uma subida vigorosa, mas que permite paradas de descanso. Demora um pouco para a primeira placa de orientação, mas é só seguir a trilha, sem pegar bifurcações a direita, que o mirante será alcançado sem dificuldades.

Horário

*8 às 17hs (até às 18hs no verão)

Contato
como chegar?

Metrô / Ônibus: Seguir de Metrô até a Estação Praça Sans Peña e de lá pegar um ônibus em direção para a Barra da Tijuca (linhas 341, 302, 345). Saltar na  Praça Afonso Viseu que fica próxima ao número 4575 e em frente a entrada principal da Parque Nacional da Tijuca. Ao entrar, caminhar pela rua principal até a Capela Mayrink.


Carro: A entrada do Parque Nacional da Tijuca fica no Alto da Boa Vista, em frente a Praça Afonso Viseu. Ao entrar, seguir pela rua principal até a Capela Mayrink.

Comentários
    x